Mais cuidados com o peeling

peeling-quimico-procedimento-nappi-estetica

É importante ressaltar que para se atingir os objetivos desejados é de suma importância que o paciente siga corretamente as orientações passadas pelo médico. Após as sessões de peeling deve-se evitar exposição ao sol por pelo menos dois meses e durante esse período usar diariamente protetor solar fator 30 ou mais, reaplicando-o várias vezes ao dia, inclusive em dias nublados e de permanência dentro de casa.

Como a pele fica sensível e ocorre uma leve descamação os cuidados em relação à maquiagem devem ser redobrados, visto que alguns produtos podem provocar irritações. Nunca puxe as casquinhas, pois podem causar cicatrizes e não use nenhum produto esfoliante.

Cremes e pomadas somente recomendadas pelo seu médico, não depile a região tratada por pelo menos dez dias após o peeling, fuja de loções a base de ácido salicílico e cremes compostos a base de ácidos ou vitamina K. Não tome banhos quentes e muito demorados.

Embora sejam raras as reações negativas causadas pelo peeling, recomenda-se ser feito todo e qualquer procedimento estético em clínicas especializadas, com profissionais experientes e conceituados.

 

As dicas são da dermatologista Jaqueline Morais, que passa a fazer parte da equipe Plennus. Ela realizará consultas de dermatologia clínica e estética e procedimentos como peelings e toxina botulínica (Botox). 

Agenda uma consulta. Fale conosco.

Anúncios

Rugas. Como evitá-las.

MINOLTA DIGITAL CAMERA

MINOLTA DIGITAL CAMERA

Elas são inevitáveis e surgem com o tempo. Mas é possível ter uma pele saudável e esbanjar jovialidade.
Saiba como evitar as rugas.

Cuidados com o sol.

A luz do sol contém diferentes tipos de raios UV (ultravioleta), e o efeito desses raios depende de seu comprimento de onda.

As queimaduras são causadas pelos raios UVB (ultravioleta B), que atingem a porção superior da pele, mas não penetram até a epiderme ou a derme.

Os raios UVA possuem comprimento de onda muito maior, daí seu efeito mais profundo: podem degradar o colágeno, que é o “adesivo” de nosso corpo. E se o colágeno se debilita na pele, surgem as rugas.

O que fazer?

Simples: use protetor solar. Mas não apenas quando estiver tomando sol.

Coma alimentos corretos.

Escolha alimentos de cores vibrantes. Tomates, por exemplo, são uma excelente fonte de um poderoso antioxidante chamado licopeno, que dá a cor do tomate e também é bom para prevenir o estresse de oxidação, que acelera o envelhecimento.

Aposte em frutas e vegetais com sabor amargo.

Coma muitos peixes oleosos, como salmão, atum e sardinha.

Controle o açúcar no sangue

Pesquisadores que investigam o vínculo entre taxas de açúcar no sangue e envelhecimento da pele descobriram que pessoas com altos níveis de glicose aparentam ser dois anos mais velhas do que são.

O que ocorre? O excesso de açúcar no sangue se associa ao colágeno da pele e faz com ele fique mais quebradiço, o que torna o processo de reparação da pele mais difícil. O resultado? Mais rugas.

(Com informações da BBC Brasil)